Com a palavra, o Visconde do Rio Branco

Mais informações
Autor:
Alvaro Da Costa Franco (org.) (veja mais livros deste autor)
Editora:
FUNAG/CHDD(veja mais livros desta editora)

Por: R$ 24,00

Comprar
Consulte aqui o valor do frete e prazo de entrega do produto
Avalie:

Muitas recordações me vieram do Paranhos de discursos de ataque, discursos de defesa, mas, uma basta, a justificação do convenio de 20 de fevereiro.

A notícia deste ato entrou no Rio de Janeiro como as outras desse tempo, em que não havia telégrafo.

Os sucessos do exterior chegavam-nos às braçadas, por atacado, e uma batalha, uma conspiração, um ato diplomático eram conhecidos com todos os seus pormenores. Por um paquete do sul soubemos do convenio da vila da União.

O pacto foi mal recebido, fez-se uma manifestação de rua, e um grupo de populares, com três ou quatro chefes à frente, foi pedir ao governo a demissão do plenipotenciário.

Paranhos foi demitido, e, aberta a sessão parlamentar, cuidou de produzir sua defesa.

Tornei a ver aquele dia, e ainda agora me parece vê-lo. Galerias e tribunas estavam cheias de gente; ao salão do Senado foram admitidos muitos homens políticos ou simplesmente curiosos.

Era uma hora da tarde quando o presidente deu a palavra ao senador por Mato Grosso; começava a discussão do voto de graças. Paranhos costumava falar com moderação e pausa; firmava os dedos, erguia-os para o festo lento e sóbrio, ou então para chamar os punhos da camisa.

Naquele dia, porém, a ânsia de produzir a defesa era tal, que as primeiras palavras foram antes bradadas do que ditas: 'Não a vaidade, Sr. presidente...'

Publicado em 2005, 574 páginas.

Dimensões:
0.00cm x 0.00cm x 0.00cm
Marca:
FUNAG/CHDD
ISBN:
857631055-4
Peso:
785 gramas